Blog

9 dicas para um bom planejamento de redes sociais

9 dicas para um bom planejamento de redes sociais
15/05/2018

Você já faz o planejamento de redes sociais da sua empresa? Em tempos com cada vez mais informações sendo compartilhadas nas redes sociais, é preciso muita criatividade e inovação para destacar seu conteúdo em meio a tantas imagens, vídeos e, claro, memes!

Para isso, um planejamento com estratégias bem definidas é fundamental para guiá-lo nesta jornada e fazer com que seu conteúdo seja cada vez mais notado, curtido e compartilhado.

Neste post, você irá conferir dicas preparadas pela nossa equipe para compor um bom planejamento e melhorar o desempenho de suas redes sociais.

Vamos lá?

1 – Defina seus objetivos

Qual imagem de sua empresa você quer passar para seus clientes nas redes sociais? Seu maior objetivo é gerar leads, divulgar produtos ou estreitar sua relação com o consumidor? Em primeiro lugar, é importante definir bem os objetivos de sua empresa nas plataformas sociais para criar uma linha editorial bem alinhada a estes objetivos e gerar melhores resultados dentro daquilo que você espera alcançar.

2 – Mapeie o cenário

Olhando um pouquinho para fora da janela, quais são as principais oportunidades em seu setor que você pode utilizar para compor uma linha editorial mais assertiva?

Vale tirar um tempinho para pesquisar nos principais portais de notícias, conteúdos referentes a números e dados atualizados do seu ramo de atuação e usar isso a seu favor na hora de compor os temas de sua linha editorial.

3 – Elabore um diagnóstico

Após mapear o cenário, você terá informações importantes que irão orientá-lo na hora de escolher os principais temas e assuntos que serão abordados em suas redes sociais, chegando assim, ao diagnóstico que define um ponto de partida.

4 – Analise a concorrência

Outro ponto fundamental a ser analisado em seu planejamento é a presença digital de seus concorrentes. Analise o número de curtidas, categorias e engajamento de postagens, interação com os fãs nos canais sociais e tenha seus próprios insights para definir o que fazer e também o que não fazer.

5 – Defina as redes sociais utilizadas

Cada rede social possui finalidades, públicos e funcionalidades diferentes, portanto, você precisa escolher seus canais de acordo com os objetivos traçados no início do seu planejamento. Pretende comunicar-se de maneira mais leve e divertida com o público? Opte por redes como Facebook e Instagram. Pretende fortalecer suas relações B2B? Utilize o Linkedin, e assim por diante. Procure estudar um pouco cada rede para definir melhor quais canais utilizar e que tipo de conteúdo compartilhar em cada um deles.

6 –  Defina frequência e periodicidade

Após definir seus objetivos e conhecer um pouco as oportunidades de seu mercado e concorrência, chegou a hora de definir a frequência e periodicidade de conteúdo que servirão de base para alimentar suas redes sociais.

Lembre-se que isso não é uma regra exata que deve ser seguida à risca. Não é porque você definiu que terá 03 posts no Facebook por semana que precisará ser sempre assim.

Porém, uma frequência e periodicidade estipuladas permitem que você tenha mais facilidades na hora de mensurar seus resultados e testar novos dias, horários e quantidade de postagens caso não esteja obtendo o engajamento esperado.

7 – Defina a linha editorial

Agora é hora de pensar no tipo de conteúdo que você irá oferecer para seu público-alvo nas redes sociais. Com base em sua análise de cenário, diagnóstico e concorrência, defina temas macro relacionados ao universo de sua marca.

Depois, utilize-os como oportunidade de divulgar seus produtos ou serviços de maneira a trazer informações relevantes relacionadas, de alguma maneira, à sua empresa.

8 – Produza o conteúdo

Depois de definir os temas da linha editorial, você pode praticar um exercício de criação e criar postagens modelo das categorias que você estipulou.

Escreva um conteúdo sobre sua empresa para a categoria “Institucional”, ou conte alguma curiosidade sobre algum assunto que faz parte do universo de sua marca ou produto específico, caso tenha definido uma categoria relacionada a assuntos como dicas e curiosidades.

Coloque-se sempre no lugar de seu público-alvo e crie o hábito de perguntar a si mesmo: “Eu curtiria este post”? Ou “Isso chamaria minha atenção em uma timeline repleta de assuntos”? Com isso, você consegue refinar cada vez mais seu conteúdo de maneira a torná-lo mais relevante e interessante.

9 – Invista em mídia e performance

Este é um ponto delicado e um pouco complicado, não sendo indicado aos navegantes de primeira viagem, pois, sem um pleno conhecimento nas ferramentas de anúncios e performance nas redes sociais, você pode literalmente, jogar dinheiro fora.

Mas, caso queira começar a investir em patrocínio de postagens e crescimento de base de fãs para seus canais sociais, comece definindo um valor inicial para o investimento e um perfil bem detalhado do seu público-alvo para direcionar seus anúncios de maneira mais qualificada.

Não se esqueça de mensurar os resultados ao final da campanha para criar melhorias pontuais e obter um melhor desempenho das próximas vezes.

Agora você já pode começar a elaborar o planejamento das redes sociais! Nós sabemos que é um trabalho muito estratégico que demanda conhecimento e tempo para execução. Se você precisar de ajuda, pode contar conosco!

Contamos com um time especialista que vai analisar a sua empresa, seu público-alvo e criar os melhores conteúdos, além de gerenciar as redes de maneira que sua empresa conquiste mais espaço no ambiente digital. Confira agora como a Flatbox pode ajudar a sua empresa!