Blog

Hotsite: o que é, para que serve e como utilizá-lo para atrair e converter seu público

Hotsite: o que é, para que serve e como utilizá-lo para atrair e converter seu público
23/12/2020

Campanhas sazonais são comuns à maior parte das empresas que trabalham com ações de marketing para divulgar produtos e serviços e, consequentemente, aumentar suas vendas. Muitos profissionais ainda não sabem, porém, que existe um tipo de site especialmente desenvolvido para campanhas pontuais: o hotsite.

Para quem não está familiarizado ao termo, um hotsite é como um minisite, uma página provisória que visa lançar e/ou promover determinado produto, serviço ou programa. Seu principal objetivo é captar a atenção do público, rumo à conversão. 

Em um ambiente com excesso de informações e alta competitividade, como é o digital, o hotsite é especialmente pensado de acordo com as particularidades da campanha em questão, oferecendo ao usuário uma experiência única, diferenciada.

Esta ferramenta é normalmente voltada a leads que já se encontram na última etapa do funil de vendas, ou seja, potenciais clientes que conhecem seu problema, já avaliaram as soluções disponíveis e só precisam de um “empurrãozinho” para chegar a uma decisão. 

Site, hotsite ou landing page?

Conhecer as diferentes ferramentas oferecidas pelo marketing digital — e saber aplicá-las no momento correto — é fundamental a qualquer estratégia que vise obter resultados reais. Pensando nisso, esclarecemos, a seguir, uma dúvida bastante comum: a diferença entre sites, hotsites e landing pages. 

Site

O site é a apresentação de sua empresa na web. Ele possui várias páginas e a maior parte do conteúdo é de cunho institucional (“quem somos”, “serviços”, “contato” etc). 

O site é fundamental à presença digital de sua empresa, transmitindo segurança ao seu público e conferindo autoridade à sua marca.

Muitos sites contam também com um blog, um dos principais elementos de uma estratégia de Marketing de Conteúdo, e com um e-commerce, que nada mais é que uma loja virtual voltada à comercialização dos produtos ofertados pela empresa.

Landing Page

A conversão de leads é o principal foco de uma landing page. Ela apresenta uma oferta, que pode ser um produto, serviço ou simplesmente um conteúdo de valor. 

Ao contrário do hotsite, a landing page não é voltada a uma campanha específica e não tem “prazo de validade”. Ela normalmente acompanha um formulário, onde o usuário deixa seus dados em troca do material oferecido. 

Hotsite

O hotsite diferencia-se de um site comum e de uma landing page principalmente por seu caráter pontual e temporário. Ao contrário do site, seu objetivo não é apresentar a empresa, mas um produto, serviço ou programa específico, por ela ofertada.

A maior parte dos hotsites limita-se a uma única página, onde é apresentado todo o material relevante à campanha. Ele não necessariamente contará com um formulário de cadastro e sempre será mais chamativo que um site ou landing page comuns, no que diz respeito ao design e layout. 

Como é feito um hotsite

Em uma agência de marketing, o processo criativo de um hotsite envolve profissionais de planejamento, redação, design e programação, além do atendimento, responsável por fazer a ponte entre time e cliente para que tudo esteja sempre alinhado, garantindo um processo fluido e produtivo.

As principais etapas são:

  • briefing: reúne todas as informações necessárias ao desenvolvimento da campanha e é montado a partir de reuniões com o cliente e informações por ele enviadas;
  • cronograma: a organização do processo e a definição de deadlines para cada etapa é essencial para que o hotsite fique pronto e vá ao ar no tempo previsto;
  • pesquisa: o processo criativo normalmente envolve pesquisa de referências e informações adicionais, normalmente encontradas nos próprios canais digitais do cliente;
  • criação do KV: o KV é uma peça-base, de onde são tirados todos os aspectos gráficos dos desdobramentos que serão feitos a partir de então (ex: fonte do texto, tipografia, paleta cromática, tom ou estilo das imagens etc);
  • desenvolvimento do texto: o material de texto do hotsite é desenvolvido previamente, já que a quantidade de texto por seção e os pontos em destaque influenciam a criação do layout;
  • concepção do layout: todo o visual do hotsite é desenvolvido nesta etapa, tendo o KV como base;
  • programação: com o layout pronto e aprovado pelo cliente, o hotsite é programado e colocado no ar.

Agora que você já sabe tudo sobre hotsites e como eles podem ajudar a atrair seu público e aumentar suas vendas, que tal colocar a mão na massa?

Aqui na Flat, contamos com um time completo, especializado na criação de hotsites. Conheça alguns de nossos trabalhos:

2020 © Flatbox Todos os direitos Reservados2

Estamos sempre trabalhando para melhorar sua experiência em nosso site. Isso envolve a coleta e o uso de dados anônimos para fins de estatística e personalização. Mais informações estão disponíveis em nossa politica de privacidade.