Blog

Lista de leads: entenda porque você NÃO DEVE comprar uma

Lista de leads: entenda porque você NÃO DEVE comprar uma
30/04/2020

Se você começou a trabalhar com marketing digital agora, já deve ter ouvido ao menos uma vez a sugestão para comprar uma lista de leads. Muitas empresas vão por este caminho por achar mais fácil, afinal, são tantos contatos que parece alta a possibilidade de que algum tenha interesse.

Porém, a compra de leads pode ser uma verdadeira furada. Separamos alguns dos motivos pelos quais você não deve, de maneira alguma, recorrer a essa prática. Continue a leitura e entenda melhor.

As pessoas não informaram os dados por vontade própria

Quando você compra uma lista de leads, utiliza dados que não foram passados com autorização daquela pessoa a sua empresa. Com isso, o seu e-mail “invade” a caixa de entrada dela que provavelmente não o abrirá e, mesmo que abra, poderá se sentir incomodada.

A situação piora se ela resolver postar em suas redes sociais o ocorrido. Afinal, diversas outras pessoas verão o post e acabarão com essa imagem negativa da sua empresa também.

Seus e-mails podem ser marcados como SPAM e isso afeta toda a sua estratégia

Os servidores de e-mail também não veem o SPAM como uma boa prática e, por isso, quando diversos usuários marcam a mensagem como SPAM, eles passam a enviá-lo para aquela caixa de SPAM que praticamente ninguém abre.

Com isso, até as pessoas que tem interesse em seus produtos e serviços não conseguirão visualizar os seus próximos e-mails, impactando fortemente na sua estratégia de e-mail marketing.

Se você já faz práticas como a compra de e-mails, pode verificar o nível de SPAM dos seus e-mails no site Mail-Tester.

Será muito esforço para pouco resultado

Ao comprar uma lista repleta de e-mails, você precisa saber que provavelmente aquele contato já foi abordado por mais de uma empresa que também comprou a lista de leads. Provavelmente ele recebe diversas mensagens e as ignora.

Além disso, são muitos os dados que estão desatualizados ou que foram desativados. Quando você dispara muitos e-mails para contatos desativados, os serviços percebem o que está ocorrendo e sabe que a lista não foi construída adequadamente, colocando sua empresa em um grupo de baixa reputação e utilizando uma infraestrutura já “queimada” nas próximas vezes.

Por fim, às vezes, as empresas que comercializam esses leads colocam contatos aleatórios para “rechear” mais a lista e eles podem não ter o mínimo interesse em seu produto.

O que fazer para conseguir leads de qualidade?

Como você viu, é muito melhor construir a própria base de leads. Embora seja mais trabalhoso e leve mais tempo, os resultados valerão a pena. Existem diversas maneiras de captar leads, veja algumas sugestões.

Campanha de anúncios 

Quando você cria uma estratégia de marketing digital e insere uma campanha de anúncios, pode criar uma landing page específica para captação de leads. Ao contrário do site, a landing page foca em uma oferta ou produto (de acordo com a campanha) e não tem distrações. 

Em troca da condição especial de venda ou para ter acesso à oferta, você pode solicitar dados como nome, e-mail e telefone. Dessa forma, além de ser uma oportunidade para aumentar as suas vendas, aqueles que não converterem se tornam leads que podem ser trabalhados por meio do inbound marketing e, com o tempo, convertidos em clientes.

Formulários dentro do site

Provavelmente você já viu sites com um campo para deixar o e-mail e receber promoções e dicas. Essa é outra maneira de captar leads. Se a pessoa chegou até o seu site, conferiu o conteúdo e viu algo que a interessou, há grandes chances de que ela se inscreva e você ganhe um novo lead.

Produção de material rico

Chamamos de materiais ricos e-books, vídeos, infográficos e outros conteúdos que oferecem valor para a persona. Ao produzi-los, você investirá recursos e tempo, mas poderá  entregá-los gratuitamente em troca dos dados das pessoas que se interessarem por eles.

Isso também é realizado por meio de uma landing page, criada especificamente para oferecer o material e com um formulário para a captação dos dados.

Ao contrário do que muitos pensam, essa estratégia serve para serviços também. Imagine que um dentista queira captar leads, por exemplo. Ele pode criar um e-book com “5 cuidados para evitar manchas nos dentes”.

As pessoas que se interessarem indicarão uma preocupação com a estética bucal, certo? Agora ele tem o email delas e pode passar a enviar conteúdos similares.

Ainda que elas não entrem em contato naquele momento, conforme é estabelecido um relacionamento, elas já terão familiaridade com aquele profissional e, ao precisarem de um dentista, as chances de recorrerem a ele são bem maiores.

Promoções e cupons de desconto nas redes sociais

Oferecer promoções e cupons de desconto nas redes sociais também é uma estratégia vantajosa. Como moeda de troca, para a utilização do benefício é preciso clicar no link do post, ser redirecionado a landing page (sim, ela é essencial para a captação de leads) e preencher o formulário.

Importante: um erro muito comum no tratamento destes leads é entrar em contato cedo demais. É preciso compreender o conceito de funil de vendas e entrar em contato somente quando o lead estiver quente e pronto para ser abordado. Até lá, não se esqueça de manter o contato, enviando conteúdos que possam ser de interesse dele.

Entendeu porque você não deve comprar listas de leads? Crie sua estratégia e conquiste leads que realmente trarão resultados e não irão prejudicar a imagem da sua empresa.

Nós podemos te ajudar a criar campanhas de marketing digital eficientes e que trarão leads de qualidade, entre em contato conosco!

2020 © Flatbox Todos os direitos Reservados

Estamos sempre trabalhando para melhorar sua experiência em nosso site. Isso envolve a coleta e o uso de dados anônimos para fins de estatística e personalização. Mais informações estão disponíveis em nossa politica de privacidade.