Blog

Como gerenciar a crise de comunicação na sua empresa?

Como gerenciar a crise de comunicação na sua empresa?
27/07/2018

Todas as empresas, instituições e pessoas públicas estão sujeitas a uma crise, geralmente não prevista. O que fazer? Uma equipe de comunicação é essencial para a preparação e reação a esses eventos, principalmente na era dos smartphones e da velocidade de informação. Um gerenciamento de crise pode fazer a diferença para a imagem e a reputação de uma organização, por exemplo e podem ser prejudicadas em função da opinião pública. Não é só “a mídia” que pode destruir uma organização, mas, como sabemos, as redes sociais. Reagir rápido, de forma centralizada é o segredo para responder às crises com ações.

A internet tem um poder de piorar ou resolver crises em um tempo bem curto. O que antes era comunicado apenas por jornalistas e especialistas agora pode ser divulgado e opinado por qualquer um.

O primeiro passo é assumir o provável erro e formalizar o posicionamento da empresa para o público. A assessoria ou o responsável pela comunicação repassa o mais rápido possível as informações verídicas sobre o acontecimento, a fim de tentar minimizar fofocas e evitar que a situação se agrave.

Existem dois momentos no gerenciamento de crise:

Preventivo: Um planejamento que prevê todos os tipos de problemas e elabora planos e ações para cada um deles. Essa programação deve conter técnicas preventivas, um comitê de crise, posicionamentos pré-definidos, dados atualizados sobre a organização, porta-vozes treinados, media training entre outros.

Reativo: São as providências tomadas a partir do evento. Caso a empresa já tenha um planejamento preventivo para aquele problema, a assessoria de imprensa ajuda a adaptar os protocolos para o problema vigente. Se for uma crise imprevista, a assessoria organiza uma série de atitudes para tentar encerrar a crise o quanto antes.

Como fase 2 dessa reação, estão ações positivas que buscam mudar uma imagem negativa. Repare que após qualquer evento negativo (queda de um avião, explosão de uma fábrica, descoberta de um escândalo) a reação sempre vem na forma de uma ação social, lançamento de um produto novo com identidade “friendly” ou até uma mudança de nome em casos mais graves.

As informações devem ser preparadas com calma, pois ansiedade e precipitação podem prejudicar. O importante é centralizar. Os jornalistas e o público irão procurar a empresa e, nesse caso, é importante evitar mentiras ou frases como “sem comentários” e “nada a declarar” ou, pior, demorar a agir. Atitudes como essa podem ser interpretadas como grosseria e desdém.

Aqui na Flat, temos um time expert em comunicação e Assessoria de Imprensa com suporte full time preparado para se posicionar e garantir sempre a melhor estratégia de prevenção e contenção de crises. Agora que você já conhece a importância do trabalho da Assessoria de Imprensa na proteção de sua imagem, não deixe de conferir nosso novo site e os serviços que oferecemos. Contamos com sua visita =)